Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /var/www/html/nasadvoc.blog-dominiotemporario.com.br/web/wp-content/plugins/jetpack/_inc/lib/class.media-summary.php on line 77

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /var/www/html/nasadvoc.blog-dominiotemporario.com.br/web/wp-content/plugins/jetpack/_inc/lib/class.media-summary.php on line 87
Para uma irmã, com amor. - Nycolle Soares

Para uma irmã, com amor.

Irmã agora você ultrapassou a barreira da vida jovem. Ainda que você pense que já entende muito como a vida de adulto funciona, parece exagero, mas a partir desse momento o ponteiro da idade começa a ter um peso até então desconhecido e o cenário da vida adulta de fato começa a se desenhar no horizonte.

Digo isso não com pesar, mas com a alegria de quem te acompanha de perto, de longe e em todo momento, pois meus pensamentos e desejos de alegria e felicidade estão sempre em você.

A partir de agora a vida pode começar a perder aquele ar de aventura e preciso então te advertir pra que você não deixe isso ser uma barreira para que você viva a vida de modo leve.

Não carregue pesos desnecessários, não arraste correntes, se observe, se cobre, mas não seja severa demais.

Nunca deixe de ser você mesma e se estiver em algum lugar ou situação que o seu verdadeiro eu não é bem-vindo, vá embora sem pesares.

Ame a sua família, seja família. Entregue amor aos montes. Confie nas pessoas, tenha fé, tenha esperança e paciência. Para tudo isso, por mais que não pareça, não é necessário ser ingênua. Então não seja.

Escrevo não com a pretensão de quem acredita saber muito da vida, mas com o amor de alguém que se fosse possível viveria por você todas as dores e deixaria apenas as alegrias. É uma tentativa, talvez não tão eficiente, de antecipar os percalços que vão existir.

São alguns poucos anos de diferença entre nós e pode parecer que não, mas esses poucos anos nos separam e nos unem de modo especial. Sei que não posso evitar que você erre e que sofra, mesmo assim contraditoriamente gostaria de evitar isso e ao mesmo tempo desejo que você tenha suas quedas. Que elas te machuquem (somente o necessário), que você chore (o mínimo possível), que você se levante (mais rápido do que imaginava) e que você siga (ainda mais forte).

Ao pensar em tudo isso sei que essas palavras podem não adiantar muito e por isso já sofro em pensar que você possa sofrer.

Por que quem ama demais não sabe evitar essa “dorzinha” que vem do medo de não conseguir proteger.

E eu te amo demais. E sou absolutamente grata pela sua vida. E hoje talvez por ter a plena consciência de que o nosso bebê cresceu, sinto saudades. De tudo. Das nossas confusões, do seu excesso de creme pra pele de madrugada. Dos dias em que eu queria dormir e você entrava no quarto batendo todas as portas e gavetas. Dos nossos banhos nos filhotes da nossa cachorra de estimação. Da sua cama do lado da minha. Do dormir na mesma cama. Do viver no mesmo teto.

Na noite antes do meu casamento, dormimos na mesma cama. No dia antes, minha companhia foi você. Obrigada. Irmãs fazem isso. São pra isso e eu não poderia ter uma irmã melhor.

Desde sempre você me ensinou que o amor entende e aceita as diferenças. Respeita o jeito diverso de ser. Você no seu Rosa e eu no meu amarelo. Você com a Barbie e eu com meus jogos. Você com a vaidade eu com o desapego. Você com o silêncio eu com o barulho. Você com o escutar e eu com o falar. Você com a tranquilidade eu com a agitação. Você que é meu maior orgulho. Você nunca me decepcionou. Talvez você seja minha maior virtude.

Hoje a minha idade já me permite dizer que sinto tanta saudades que chorei escrevendo e imaginando o abraço que eu poderia te dar, se não houvesse distância. O cheiro do seu cabelo, os seus ombros magrinhos, seu tamanho, que por ironia da vida (ou não) cabe perfeitamente dentro do meu abraço.

Irmã seja feliz. Seja forte. Seja você. E pra tudo isso, tenha a mim como sua fiel escudeira, comparsa, amiga e acima de tudo irmã.

Parabéns por ser você. A vida faz muito mais sentido sendo sua irmã, que o destino seja generoso e que possamos viver muitos anos, juntas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: